Archive for the ‘Review Jogos’ Category


O jogo de que falo hoje é nenhum outro do que Tzar: O Peso da Coroa, ou talvez Tzar: O Poder da Coroa como vem no manual de instruções (visto que ninguém se importou com isto nem notou, eu também não o vou fazer e vou tratar este jogo apenas por Tzar).

Tzar: e o não me consigo decidir que subtítulo utilizar, é um RTS medieval (real time strategy para os noobs) de uma companhia chamada Infinite Loop, que comprei por 1,99€ e que à primeira vista não me parecia mais do que um RTS genérico com algumas semelhanças a um outro RTS de seu nome Settlers III, mas, o aviso na capa dizia que o jogo tinha recebido uma pontuação de 82% pela “PC Gamer UK” e estava “Ao nível dos melhores jogos de estratégia”, decidi dar-lhe uma chance. Qual o meu espanto ao descobrir que não só estava completamente certo em relação ao RTS genérico, que , tal como muitos jogos genéricos é uma completa cópia de vários RTS do mesmo género que tiveram bem mais sucesso. Nele encontro elementos dos jogos Settlers, Warcraft (o antigo de estratégia e não o novo devorador de vida social xD), Age of Empires entre outros. Isto dito passo ao jogo em si.

Em primeiro lugar o gameplay: o gameplay como seria de esperar de um jogo que o copiou de jogos de estratégia que ficaram reconhecidos, é bastante adequado para não dizer mesmo bom. Existem três facções (embora realmente seja só uma porque fazem praticamente todas o mesmo salvo umas pequenas alterações na recolha de alimentos, o que em si também não é grande coisa pois ao fim de 10 minutos de jogo apercebi-me que bastava construir um barco ou dois de pesca que vou ter de construir armazéns para o excedente absurdo de comida que me vai sobrar) sendo que estas facções são Europeus, Árabes e Asiáticos (tal como Settlers se trocar-mos árabes por egípcios, e sim eu sei que ambos são asiáticos também mas não queria ir ai), e temos de recolher ouro, pedra, madeira e comida (tal como na grande generalidade de RTS).

Agora passando ao grande problema do jogo que me dificulta joga-lo: a música e sei que isto provavelmente sou só eu mas eu vi-me obrigado a desliga-la (coisa que odeio fazer num jogo) e a meter power metal (achei o mais apropriado para um “épico jogo de lutas medievais e fantasia”), mas para quê descrever quando a podem ouvir?

http://www.youtube.com/watch?v=IcEAQOwmGy8

Podem achar que não é assim tão má, ou que não se podia esperar melhor de um jogo velho. Mas aí está o problema o jogo é do ano 2000! aqui em baixo deixo-vos exemplos de musicas de outros RTS anteriores ao ano 2000.

http://www.youtube.com/watch?v=wN4MVXDxOjI&feature=related Comand and Conquer (1995)

http://www.youtube.com/watch?v=0HFiISrV2xI Settlers III (1998)

http://www.youtube.com/watch?v=d-H4hwmM1qk C&C Tiberian Sun (1999)

Em conclusão: Não é um mau jogo, é um RTS genérico e adequado, mas quando comparado ao mercado de RTS existente na altura (Settlers III, C&C Tiberian Sun, Warcraft II etc.) é fácil entender porque motivo hoje em dia ninguém se lembra deste jogo.

Por fim deixo-vos um trailer do jogo bem como vídeos dos outros jogos que falei caso alguém por acaso leia mesmo isto e fique curioso XD

http://www.youtube.com/watch?v=afgmPV8ZDz0 (Tzar)

http://www.youtube.com/watch?v=sWN0XPUD35Y (C&C: Tiberian Dawn)

http://www.youtube.com/watch?v=WlLEAQtJCHo (C&C: Tiberian Sun)

http://www.youtube.com/watch?v=svgO_XP5cYc (Warcraft II) (sim eu sei o quão parecido o Tzar é com este jogo)

PS: sim eu tenho noção que alguns destes RTS não são do mesmo género e como tal não vale a pena compara-los assim, mas este review é meu e eu comparo o que eu bem quiser!

PS2 (não a consola): Se queriam um bom RTS medieval bastava esperar até 2001 quando saiu o Stronghold: http://www.youtube.com/watch?v=msEvqSx3nAo&feature=related )

N

Anúncios